Pensar em boas práticas de e-mail marketing na hora de montar sua campanha é uma forma de explorar mais seus resultados. Mas e aquele boato de que essa estratégia vai acabar? Vamos ser sinceros… isso está longe de acontecer. Há estudos que mostram resultados a partir de uma comunicação via e-mail entre empresas e seus consumidores.

Vamos falar neste artigo sobre as principais boas práticas de e-mail marketing para melhorar seus resultados.

 

Estrutura do cabeçalho de envio do seu e-mail marketing

Vamos entender o comportamento do seu e-mail marketing na caixa de entrada do usuário. O cabeçalho de envio é como o e-mail aparece para o destinatário, com informações primárias, como: remetente, assunto e preheader.

Remetente

Uma boa prática para evitar que seu e-mail vá direto para a caixa de spam do usuário é verificar a reputação do seu domínio. Evite que tenha em sua estrutura palavras, como: vendas, compras, marketing ou outras do gênero.

Assunto

O assunto é o primeiro ponto de contato entre sua empresa e o destinatário. Portanto, ele precisa impactar o leitor. Um bom título de e-mail deve ser estruturado de 5 a 10 palavras e deve possuir um conteúdo relevante e informativo.

Evite usar palavras negativas e de cunhos apelativos, como: promoção, descontos, grátis, entre outras no assunto do e-mail. Tais práticas podem levar seu e-mail direto para a caixa de spam e isso pode ser prejudicial para sua estratégia.

Saiba quais são as palavras que deve evitar no assunto e no corpo do seu e-mail

Preheader

O preheader é um conteúdo curto exibido após o assunto, que tem como objetivo complementar a informação do e-mail. Quando não configurado no código HTML do e-mail, ele apresenta o início do texto que está no corpo do seu e-mail.

É recomendável configurá-lo, pois ele contribui para aumentar a taxa de abertura das suas campanhas de e-mail marketing.

 

Boas práticas para otimizar o conteúdo do seu e-mail 

Falamos sobre boas práticas para impactar o destinatário antes da abertura do e-mail. Agora, vamos entender como deve ser estruturado o conteúdo no corpo e com base em como o provedor lê as informações.  

Primeiramente, considere sempre montar e-mails que possibilite trabalhar todas as informações a partir de um modelo responsivo.

Mais textos, menos imagens

Considere estruturar todo o conteúdo do seu e-mail com muito mais textos do que imagens. É partir dele que os provedores compreendem do que se trata seu e-mail para avaliar se é relevante ou não. Além disso, o carregamento do e-mail é rápido para diferentes dispositivos.

Como utilizar imagens no e-mail

É recomendável que você evite usar imagens na estrutura de conteúdo do corpo do seu e-mail. Porém, não é uma regra… lembre-se que o e-mail precisa ser informativo. Ao utilizar imagens, não esqueça de nomeá-las a partir do texto alternativo (alt text). Assim, o provedor vai reconhecer a imagem.

Além disso, imagens que não carregam por algum erro são identificadas pelo texto para o usuário. Uma forma para ele saber do que se trata aquela espaço que fica em branco.  

Links de saída

O seu e-mail marketing deve cumprir determinados objetivos e utilizar URLs de saída é parte desta estratégia. É uma forma de analisar o engajamento do e-mail e até mesmo compreender melhor o interesse do usuário em caso de campanhas.

 

A importância de uma base de contatos Opt-in

Para fecharmos esta lista com boas práticas para estruturar seus e-mails, entenda a importância de uma lista opt-in. De forma alguma pense em comprar listas de e-mail!

As pessoas não têm interesse em seu conteúdo se não optarem por isso, ou seja, comprar listas é uma forma invasiva de se relacionar com esse público. Busque maneiras de montar uma base de contatos por meio de formulários inteligentes inseridos em seu site. Além disso, é uma forma de criar um modelo de segmentação para estratégias de marketing digital.

Considere incluir em seus e-mails um link para descadastramento – caso determinados usuários não tenham mais interesse em seus conteúdos.

As campanhas de e-mail são formas de manter uma linha de comunicação entre sua empresa e seu público aberta. Por isso, é importante criar um bom relacionamento. Crie um calendário de disparos de e-mail e não seja persistente. O ideal é agir naturalmente para que o usuário veja seu conteúdo com bons olhos, não como um desespero.

Agora é só montar sua campanha de e-mail marketing com foco em resultados!

Leia também: Como escolher um bom tema WordPress

– – – – – – – – – – –

Diz aí o que achou deste artigo… Se possível, compartilhe com seus amigos ou liste novas sugestões para gente. Amamos a tecnologia também! 

Siga-nos nas redes sociais. 😉