fbpx

Confira como criar seu e-commerce com WordPress com 8 passos simples

Quer saber como criar uma loja virtual no WordPress? Explorar o mercado digital através de vendas online é uma excelente maneira de expandir seu negócio físico ou para quem quer se inserir na internet.

E como fazer isso? Acompanhe o artigo e veja o passo a passo de como criar um e-commerce através do WordPress para que sua loja virtual seja um sucesso no mercado.

 

Conteúdo:

 

Criando loja virtual com WordPress passo a passo

Você sabia que, atualmente, cerca de 30% dos sites são feitos usando o WordPress?

Umas das grandes facilidades para criar um e-commerce usando o WordPress é que você não precisa entender de programação e códigos HTML, através de técnicas simples de arrastar e soltar elementos, copiar e colar, você consegue montar a sua loja online.

Por isso, se quer que seu site de vendas se expanda confira, aqui, uma lista de tarefas para criar uma loja virtual no WordPress.

 

1. Registrar o domínio

Se a sua empresa não possui site, a primeira coisa que você precisa fazer é registrar o domínio. O domínio é o endereço do seu futuro site. Lembre-se que ele deve ser simples e fazer menção direta ao seu produto.

No entanto, se a sua empresa já possui um site institucional, você pode criar um subdiretório. O que significa isso? É basicamente uma nova pasta dentro do domínio principal. Se usar as práticas corretas de SEO, isso pode ajudar a fortalecer seu ranqueamento no Google. Legal, né?

 

2. Escolher a hospedagem

Depois de registrar seu domínio, será preciso escolher o provedor de hospedagem. O que é isso? O provedor de hospedagem é basicamente o serviço que hospedará seu site na web.  

Você tem a opção de escolher um host compartilhado ou dedicado. O compartilhado possui um custo mais baixo que o dedicado, porém seu site terá o servidor compartilhado com outros websites, o que pode deixar um pouco a desejar no quesito desempenho. O host dedicado gera um custo maior, porém oferece um servidor exclusivo seu.

 

 3. Garantir a segurança do site

Oferecer uma compra segura para os consumidores é um dos itens que você deve ter bastante atenção, afinal, seus clientes precisam se sentir seguros para inserirem dados pessoais e fazerem transações monetárias. Além disso, é preciso garantir a segurança do seu site também.

A dica é usar um Certificado SSL que irá proteger os dados inseridos pelo cliente no site, através dos mecanismos da criptografia. Também é importante você blindar seu e-commerce, para que ele não fique vulnerável a invasões. Para isso, você pode instalar ferramentas que mostram lacunas por onde hackers podem “entrar”. Assim, sua página não é derrubada e nem invadida por vírus e malware. 

Outra alternativa é instalar um WAF (Web Application Firewall), essa ferramenta funciona 24 horas, identificando e interrompendo ações suspeitas. Mas, ela possui um alto custo de instalação.

 

4. Plugins e plataformas para criar um e-commerce no WordPress

Através dos plugins do WordPress é possível criar uma ótima loja online. Os nomes mais conhecidos para e-commerce são WooCommerce e Shopify, mas existem outros também. Depois que fizer o login no WordPress, na seção de plugins clique “Add new”. Na barra de pesquisa, digite o plugin que deseja e clique em “instalar agora”.  Confira detalhes sobre os principais plugins.

  • WooCommerce: Você sabe o que é WooCommerce? É um dos melhores plugins para a criação da sua loja. Esse plugin garante um sistema de gerenciamento de vendas online otimizado. Ele oferece praticamente todos os recursos básicos para uma loja virtual, como carrinho de compras, cálculo de impostos, meios de pagamento, avaliações de compras, segurança, gerenciamento de estoque e estatísticas. Além disso, é possível integrar diversas extensões para ampliar a funcionalidade do seu e-commerce.

 

  • iThemes Exchange: Esse plugin oferece muita simplicidade, o processo para instalação é bem intuitivo e é possível selecionar os meios de pagamento preferidos, cadastrar os produtos e esperar pelos negócios.

 

  • Wp E-Commerce: Também é bem popular, porque ele é um dos plugins mais antigos. Um dos destaques é que possibilita a livre customização de códigos HTML e CSS. Oferece também serviços provedores de meios de pagamento e de transporte. 

 

  • Marketpress: Esse plugin também oferece customização de complementos e temas. Uma das facilidades é que não é necessário dominar códigos de programação para fazer ajustes em seu e-commerce. 

 

  • Shopp: Apesar de simples de usar, esse plugin não possui muitas atualizações, o que pode acarretar em problemas para seu e-commerce. Sempre utilize plugins que sempre se mantenham atualizados, como o WooComerce.

 

  • Shopify: Esse plugin é uma opção bem amigável para quem não tem muito conhecimento com lojas virtuais. Ele permite que você adicione HTML personalizado mas apenas para a homepage da sua loja, o que acaba limitando. Oferece a possibilidade de integração com redes sociais. Seu ponto fraco é que esse plugin cobra uma taxa mensal do usuário.

 

  • Opencart: O Opencart é um software de utilização livre. Ele é concorrente do WooCommerce e Shopify. Ele é gratuito, mas para conseguir usar os plugins é necessário adquirir a versão paga. Ele é simples de usar, personalizável e possui muitas integrações, porém os recursos para marketing são limitados. Além disso, nem sempre a plataforma oferece uma velocidade satisfatória.

 

  • Qual a importância dos plugins para a loja virtual? Os plugins permitem que você insira várias funcionalidades para a sua loja virtual, fazendo com que a experiência do seu usuário seja cada vez melhor. Além disso, com os plugins é possível integrar as rede sociais junto ao seu negócio e garantir a segurança do usuário e do seu site. Os plugins também permitem que você mantenha seu E-commerce sempre atualizado. Por isso, sempre opte por plugins que sempre estão se atualizando, pois irá deixar seu site mais rápido.

 

5. Criação das páginas

Na hora de criar uma loja virtual, é importante que ela tenha algumas páginas informativas. 

Além das páginas onde irão conter os produtos, descrições e check-out, é interessante que seu usuário também tenha acesso à algumas informações, como “quem somos nós”, uma página institucional de FAQ, também é importante criar uma política de troca e devoluções.

Além disso, é preciso que tenha uma página de Política de Privacidade, pois ela vai garantir que sua empresa esteja protegida legalmente. Por esse motivo, é interessante que ela seja escrita com o auxílio de um advogado. 

Outras páginas que devem estar presentes na sua loja virtual são a do Contato da empresa, meus pedidos, pagamentos e entregas.

  • Como criar uma loja virtual responsiva? Para quem está começando no mercado de e-commerce, saiba que uma loja responsiva é aquela que se adapta para telas de diferentes dispositivos. Para que a experiência do seu usuário seja a melhor possível, é muito importante criar uma loja responsiva.

 

  • Criar uma loja virtual com Bootstrap e WordPress: O Bootstrap é um framework front-end muito popular para a criação de sites responsivos e mobile first. Você pode criar seu próprio tema WordPress responsivo utilizando o Bootstrap.

 

6. Design da loja virtual no WordPress

Os temas são  base estrutural do modelo de design que o site da sua loja virtual seguirá. E o WordPress oferece milhares deles, gratuitos ou pagos. Se tiver experiência com programação, você pode criar seus próprios templates ou encomendar de uma empresa especializada. 

  • Temas responsivos: Há diversos temas responsivos que você pode escolher e, por esse motivo, é possível que você encontre alguma dificuldade para escolher o ideal para a sua loja virtual. Iremos dar dois exemplos de temas responsivos de WooCommerce que são muito usados pelos usuários.

 

  • Tema OceanWP: optar pelo OceanWP é a escolha perfeita para os desenvolvedores que são amadores. Uma das vantagens é que o tempo de carregamento de página mais rápido, possui uma base SEO e ele permite que você traduza para outros idiomas. Além disso, oferece diversos plugins pagos e gratuitos.

 

  • Tema Storevilla: esse tema também é gratuito, uma das suas vantagens é que é bem simples e descomplicado de usar. Além disso, apresenta compatibilidade com o plugin WooCommerce.

 

7. Cadastramento dos produtos

Imagine que na hora que estiver escolhendo qual produto comprar, ele não ter as características fundamentais? Você vai optar pela loja que tenha mais informações detalhadas, certo? Independente do segmento da sua loja, em algum momento será necessário cadastrar seus produtos. Nesse momento, leve em conta a experiência do seu usuário.

Essa etapa pode assustar um pouco quem está começando, porém há algumas técnicas que você pode usar para cadastrar seus produtos: organize seus produtos por categorias – isso facilita a busca, coloque descrições e títulos dos produtos, use técnicas de SEO, é importante ter imagens e vídeos.

  • Imagens e detalhes de cada produto: abuse das imagens e outras mídias, como vídeos, na hora de cadastrar seus produtos. Não precisa bombardear seu usuário com um monte de informações, mas é importante que elas estejam claras, sejam fiéis ao que você está vendendo e tenham qualidade.  Na hora das descrições, faça de maneira caprichada e que ela dialogue com o consumidor, além disso, nessa etapa é importante usar técnicas SEO, inserindo de maneira estratégica os termos de buscas dos usuários.

 

  • Criar loja virtual WordPress com controle de estoque: Com o WooCommerce é possível sincronizar os produtos da sua loja e o estoque com rapidez. 
    • Como criar uma loja virtual dropshipping no WordPress? Já ouviu falar em loja virtual de dropshipping? O Dropshipping é uma modalidade para vender produtos na internet sem custo com o estoque. Como isso é possível? É bem simples, na verdade, o vendedor só irá comprar o item escolhido pelo usuário, após a compra dele pelo site da sua loja. Na prática, um fornecedor terceirizado que irá cuidar de todo o envio para você.
  • Como criar loja virtual com WordPress para produtos digitais? através de plugins no WordPress, é possível vender produtos digitais no seu e-commerce. Um exemplo é usar o Easy Digital Downloads, que é um plugin e focado inteiramente em produtos digitais. O WooCommerce também oferece a opção de venda de produtos digitais.

 

8. Definição de pagamento e envio

Na hora de montar a sua loja virtual, é interessante que você ofereça diferentes formas de pagamento. Esse ponto é muito importante porque ele pode até impactar as suas vendas.

Pense que há diversos tipos de consumidores, têm aqueles que parcelam tudo no cartão, já tem outros que preferem juntar dinheiro e pagar à vista no boleto. Se sua loja não oferecer algumas opções de pagamentos diferenciados, você poderá perder clientes potenciais.

Para te ajudar nessa etapa, separei algumas dicas para o envio e pagamento dos produtos do seu e-commerce. 

  • Instale as extensões de entrega: quando criar o seu e-commerce é possível instalar um plugins dos correios e de outras transportadoras. 

 

  • Correios: Os Correios é uma empresa referência para envio aqui no Brasil. Mas, vale lembrar que existe um limite de 30kg por envio. Também é muito comum acontecer paralisações, que podem acabar prejudicando suas vendas. 

 

  • Transportadoras: São mais estáveis que os Correios. É importante verificar se a transportadora oferece cálculo a partir de faixas de CEP e peso do pedido.

 

  • Extensões de pagamento: Há diferentes formas de pagamentos que você pode usar no seu e-commerce, como cartão de crédito, débito, boleto bancário, transferência online, etc. Selecionamos as principais usadas pelas lojas virtuais.
  • Pagseguro: Na hora de criar seu e-commerce instale o plugin do PagSeguro. Muitos brasileiros utilizam esse método de pagamento, pois ele oferece opções de pagamento no crédito, débito ou boleto bancário.

 

  • Mercado pago: Pagamentos através do Mercado Pago estãocada mais acessíveis para os brasileiros. Ele vai funcionar como um  intermédio monetário entre cliente e vendedor. É possível fazer compras no débito, crédito ou boleto bancário.

 

  • Outras empresas: Além do Mercado Pago e o PagSeguro há outras empresas para pagamento online. Uma delas é a Paypal, também bastante conhecida. A  Bcash e a  Pagar.me.

 

O que você precisa saber antes de criar sua loja virtual?

Antes de criar sua loja virtual é importante ter em mente alguns fatores. Para tudo ficar mais claro, selecionamos algumas dúvidas que os usuários costumam ter antes de abrir seu negócio virtual.

 

Por que criar uma loja virtual com WordPress?

Uma das grandes facilidades de você criar uma loja com o WordPress é que o custo para isso não é tão alto, para você ter ideia  custo com hospedagem é bem baixo, principalmente se sua loja não tiver um número absurdo de acessos no começo. 

O WordPress também oferece infinitas funcionalidades e você consegue controlar todos os processos. É possível escolher diversos módulos de integração Gateway. Além disso, é possível utilizar técnicas avançadas de SEO, o que melhora o ranqueamento de seu site nas busca do Google. Isso sem falar que há diversas opções de layout.

  • Criar um ecommerce com Wix ou WordPress? Se está começando no mercado de e-commerce deve ter se deparado com essa dúvida. A escola vai depender muito do que você procura. O Wix é uma plataforma muito intuitiva e fácil de usar, mas não tem tantos recursos, o que pode acabar limitando o seu negócio. Já  o WordPress, por sua vez, oferece mais funcionalidades, o que pode ser bem útil para o seu negócio online. 

 

Loja virtual no WordPress vale a pena?

O WordPress é um sistema de gerenciamento de conteúdo (CMS) muito popular, que oferece um baixo custo de investimento. O que recomendamos investir é contratar uma empresa especializada em criação de sites WordPress, como a Studio Visual, por exemplo. Assim, você terá uma loja virtual estruturada e profissional. 

  • Vantagens de ter uma loja virtual no WordPress: oferece uma infinidade de plugins e temas, sendo muitos deles gratuitos, possui facilidade de migração para outras plataformas. Além disso, não gera custos muito altos, você só precisa pagar o domínio e a hospedagem, adição de funcionalidades é bem rápido, isso sem falar que ele é 100% responsivo. 

 

  • Desvantagens de ter uma loja virtual no WordPress: como é uma plataforma que está sempre se atualizando, pode acontecer de alguns plugins pararem de funcionar. Por isso, é importante sempre manter seu negócio atualizado. 

 

É possível criar um blog e uma loja virtual no WordPress?

Sim. O WordPress é uma plataforma muito versátil e flexível. Se você é um bom desenvolvedor, é possível criar um site institucional integrado com blog e e-commerce.

 

Como gerar relatórios das vendas no WordPress?

Para gerar relatórios das vendas no WordPress é importante fazer downloads de plugins de estatísticas. O plugin do Google Analytics é muito utilizado, porque ele vai te oferecer diversos  widgets com dados dos seus clientes ou clientes em potenciais.

 

Onde criar um E-commerce WordPress?

Você pode criar seu e-commerce gratuito com o WordPress usando o WooCommerce, que é um dos principais plugins de e-commerce do WordPress. Quando você acessar seu WordPress, basta ir no campo de busca e procurar por WooCommerce, instalar e ativar o plugin.

Mas, se você não tem experiência com desenvolvimento, pode encontrar dificuldades para manter o seu e-commerce com plugins atualizados e explorar ao máximo as funcionalidades do WordPress, recomendamos contratar uma empresa que criam loja de e-commerce WordPress.

 

Agência para criar loja virtual no WordPress com WooCommerce

As agências de criação de loja virtual irão implementar o seu e-commerce de maneira que seu usuário tenha a melhor experiência possível e ainda utilizar estratégias de marketing digital em WordPress para o crescimento do seu negócio no mundo digital. Um exemplo que agências que criar lojas virtuais é a Studio Visual, uma empresa que usa tecnologia e inovação do WordPress, focados em resultados digitais.

 

Quanto custa criar loja virtual pelo WordPress?

O custo para criação de uma loja virtual pode variar bastante, porque tudo depende do que você precisa e da qualidade que espera alcançar, no geral, os custos podem variar entre R$ 1.000 até R$ 20.000.

Mas, há ainda plataformas que cobram entre R$ 50 e R$ 100 mensais. Tudo irá depender do que você procura. Se quer um site de qualidade e que esteja atualizado com os plugins disponíveis, é interessante pensar em contratar um empresa que irá criar sua loja virtual. 

 

Como criar uma loja virtual com WordPress grátis?

Se possui um negócio pequeno e está começando agora no mercado,talvez devesse pensar em investir em uma loja virtual, pois os custos podem sair relativamente baixos. Uma das grandes vantagens do WordPress é que é possível montar uma loja virtual grátis. 

A plataforma oferece diversos plugins gratuitos e através deles, é possível deixar seu e-commerce funcional e versátil. Mas, já adiantamos que é preciso muitas pesquisas e gastar um tempinho estudando como funciona essa plataforma para que seu  negócio saia como o esperado.

 

Quanto eu tenho que investir para criar uma loja virtual?

Por mais que o investimento inicial para ter um e-commerce não seja tão alto, é importante traçar um projeto realista e consistente para seu negócio. Para você determinar os custos do seu e-commerce tenha em mente que é preciso colocar no papel os custos com a plataforma que irá utilizar, gastos com recursos de TI, divulgação e custos operacionais. 

O que irá definir o quanto a criação da loja custará é preciso saber o quanto você tem para investir e o quanto automatizado e integrado essa loja virtual vai ser. Os custos podem variar entre R$ 50 a milhares de reais. O que você deve ter em mente é que deve investir 20% do seu capital disponível na criação da sua loja virtual.

 

Dicas para o sucesso do seu e-commerce no WordPress

O WordPress é uma plataforma que faz muito sucesso na criação de blogs, mas atualmente vem se destacando cada vez mais com o e-commerce. Selecionamos algumas dicas para que seu e-commerce seja um sucesso:

  • Monte um projeto para saber se o WordPress irá atender às suas necessidades. Além disso, escolha plugins adequados ao seu projeto;
  • Conheça as funções disponíveis no WordPress;
  • Se atente aos custos para a criação da sua loja. Você pode criar seu negócio sozinho, usando os recursos gratuitos do WordPress, mas é preciso ter em mente que haverão diversos pontos para implementação da loja, como, por exemplo template, o domínio do site e plano de hospedagem. e quem não tem muita experiência pode acabar se frustrando;
  • Busque empresas especializadas na criação de sites e e-commerce. Assim, saiba que terá a garantia de um sistema de gerenciamento de vendas online otimizado.

 

– – – – – – – – – – – 

Diz aí o que achou deste artigo… Se possível, compartilhe com seus amigos ou liste novas sugestões para gente. Amamos a tecnologia também! 

Siga-nos nas redes sociais. 😉 

Leave a Reply